Joinville e Florianópolis estão entre as dez cidades do Brasil com menores custos para empreender.

Os impostos são um dos maiores custos que os empreendedores se deparam quando abrem o próprio negócio.

Os impostos são um dos maiores custos que os empreendedores se deparam quando abrem o próprio negócio. Há desde as cobranças municipais e estaduais até os impostos que incidem sobre a receita da empresa, normalmente destinados ao governo federal. Conhecer quais são as alíquotas médias pode ajudar no planejamento financeiro e tributário de quem está pensando em empreender ou pensa em levar a sua empresa para uma região com menores custos.


A Endeavor, organização de fomento ao empreendedorismo, em parceria com a Ernst Young, fez um levantamento sobre quais são as alíquotas médias do Imposto sobre Serviços (ISS) e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), de competência municipal, e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) , destinado ao governo do estado. Também analisou a quantidade de incentivos fiscais estaduais existentes em cada município.


Com os dados, formou o Índice de Custo de Imposto. Quanto maior o índice, menores são os custos de impostos da cidade e maiores são os incentivos fiscais. A pesquisa foi realizada nas 32 cidades com maior potencial para empreender do país, o que inclui capitais e municípios de médio porte.


O grande destaque foi Brasília. A capital federal teve o melhor índice entre as cidades analisadas. É lá que está a menor alíquota médica do ICMS (11,83%), enquanto a média nacional é de 15,8%. A cidade também tem alíquotas de IPTU e ISS mais baixas do que a média da pesquisa, o que ajudou a compensar o fato de oferecer poucos incentivos fiscais.


Já Aracaju, capital de Sergipe, tem os maiores custos de impostos entre os municípios pesquisados. Todos os impostos cobrados e analisados pelo levantamento estão acima da média nacional. Além disso, a cidade tem número médio de incentivos fiscais inferior a um.


Confira os rankings com as dez cidades com os maiores e menores custos de impostos e as respectivas alíquotas médias cobradas. O ano de referência é 2016.


Menores custos


Levantamento mostra os municípios que têm os menores custos de impostos na média. Quanto maior o índice, menores são os custos dos impostos e maiores são os incentivos fiscais.


Tabela das Cidades com menores custos


Maiores custos


Levantamento mostra os municípios que têm os maiores custos de impostos na média. Quanto menor o índice, maiores são os custos dos impostos e menores são os incentivos fiscais. Dos municípios catarinenses, apenas Blumenau ocupa a nona posição nessa lista. Os outros são, na ordem: Aracaju, João Pessoa, Maceió, Campo Grande, Natal, Sorocaba, Belo Horizonte, Recife, São Paulo.



Fonte: Economia Gestão Notícias Tributário e Fiscal